Educação em Direitos Humanos: sistematização de práticas de educação não formal

0

Acesse o documento

Sistematizar consiste na reconstrução de processos vividos a fim de analisá-los e interpretá-los criticamente, de forma a detalhar aprendizagens e compartilhá-las.

Significa tomar nossa prática como objeto de estudo e, pela reflexão crítica, desconstruí-la e reconstruí-la, apontando sua base teórica, os sentidos, os entraves e as potencialidades por ela e nela produzidos. O Caderno que ora apresentamos ao leitor reúne artigos sistematizados a partir da prática pedagógica de Educação em Direitos Humanos desenvolvida no Curso de Especialização em Direitos Humanos – Turma 2008/2009 pelo segmento com atuação na educação não formal.

Os artigos que compõem este Caderno querem servir de provocação e reflexão sobre o fazer educativo em direitos humanos no campo da educação não formal. Eles são resultado de experiências ricas e profundas. Sendo assim, não são receitas nem manuais, mas certamente instigarão aos que aceitarem o convite para partilhar saberes. Afinal, educar em direitos humanos é um processo dinâmico, vivo, realizado por pessoas que colocam em movimento toda a sua criatividade, seus conhecimentos, que firmam seu compromisso com a garantia desses direitos, que agem na construção da novidade que a educação carrega em si. Agora é nossa vez de convidá-los: venha participar desta construção!

Informações técnicas

Título: Educação em Direitos Humanos: sistematização de práticas de educação não-formal
Organizadores: Paulo César Carbonari et al.
Local: Passo Fundo
Editora: IFIBE
Ano: 2011
Páginas: 283
Acesse o documento

CDHPF
Entidade da sociedade civil que articula indivíduos para apoiar organizações sociais que lutam pela garantia e promoção dos direitos humanos.

Deixe um comentário